Notícia esportiva em primeiro lugar!

Disputa no Paralímpico – reedição final paralímpica e mundial

O próximo fim de semana (30/9 e 1/10), o Rio de Janeiro será palco de emocionantes disputas de 100m, em uma pista de atletismo montada no em pleno “Peão do prado” do Jockey Club no Desafio Mano a Mano. Após vitória histórica sobre Usain Bolt, o astro americano Justin Gatlin é o principal confirmado…mas a presença de dois paraibanos  também merece destaque. O evento terá disputas no masculino, feminino e categoria paralímpica.

As estrelas paralímpicas:

Petrucio Ferreira é um dos atletas mais velozes do mundo no esporte paralímpico. O Atual recordista mundial da prova dos 100m classe T45-47 é o favorito na classe paralímpica. Ao lado de Yohansson do Nascimento e do polonês Michal Derus reeditarão no evento a final do Mundial e dos Jogos Rio 2016. As finais paralímpicas acontecem no domingo.

Andressa Moreira Fidelis

Andressa iniciou a carreira no salto em distancia. Há pouco tempo começou a diversificar os treinos e se dedicar para as provas de velocidade. A escolha parece estar rendendo bons frutos. Em 2017, Andressa foi convocada para o Mundial de Atletismo, disputado em agosto desse ano, em Londres. Andressa disputará a qualificatória, no sábado, na luta por uma vaga na final. A carioca Rosangela Santos é atleta que já está garantida na final.

Paraibanos marcam presença no Desafio Mano a Mano recebe astros do esporte em evento com entrada gratuita 

   Americano Justin Gatlin e Rosângela Santos estão confirmados no evento

Categoria inédita do paralímpico  (T45-47) promete emocionantes disputas com Petrucio Ferreira, Yohansson Nascimento e Michal Derus

Andressa Fidelis luta por vaga na final feminina

Competição acontece nos dias 30 de setembro e 1º de outubro, a partir das 9h, com entrada gratuita, no Jockey Club Brasileiro. Pista será montada no “Peão do Prado”

Disputa no Paralímpico – reedição final paralímpica e mundial

Ele está numa fase imbatível. O velocista Petrucio Ferreira, atual campeão mundial e ouro nos Jogos Rio 2016 dos 100m T45-47 está confirmado na categoria paralímpica. O paraibano de apenas 20 anos ​lutará pela hegemonia de melhor atleta do planeta, na prova mais rápida do atletismo, ao lado dos mesmos adversários dos Jogos Paralímpicos

e do Mundial de Atletismo, disputado em julho desse ano, em Londres. No Mundial de Atletismo de Londres, Petrucio garantiu o ouro nos 100m e faturou o recorde do mundo com 10s53. Yohansson fechou a prova na segunda colocação (10s80), garantindo a prata e a dobradinha no pódio. O terceiro lugar ficou com o polonês Michal Derus, com 10s81. Nos outros anos, a disputa paralímpica no Mano a Mano era realizada com atletas da classe T43-44 (para amputados de membros inferiores). Esse ano será a estreia da classe T45-47, que conta com velocistas amputados de membros superiores.

“Estou muito feliz por ter recebido o convite para participar do Mano a Mano. Estou treinando bem, quero chegar para dar o meu melhor e fazer o que eu mais gosto de fazer que é “brincar de apostar” corrida. Convido a torcida para participar desse evento lindo no Rio de Janeiro. Espero contar com o público para fazer um bom resultado”, declara Petrucio.

“Sempre tive vontade de participar do Mano a Mano. É um super evento. Uma oportunidade de Exibição para os atletas com a participação da torcida. Sem dúvida, teremos uma disputa incrível com o Petrucio e o atleta polonês”, empolga-se o multimedalhista Yohansson.

Disputas no Masculino – Justin Gatlin será desafiado

O americano Justin Gatlin, que em 2017 desbancou ninguém menos do que Usain Bolt, ao vencer o Mundial de Budapeste, chega ao​ Rio de Janeiro em busca do bicampeonato. O velocista, que participa do evento pelo segundo ano, segue desafiando não só seus concorrentes, mas também a ciência, ao viver grande fase de sua carreira. Em agosto, aos 35 anos, conquistou o bicampeonato mundial, com a vitoria em cima de Bolt.  O corredor Isiah Young, também dos Estados Unidos, já está confirmado na disputa. Além dele, dois brasileiros serão definidos em uma classificatória com alguns dos melhores velocistas do país: Paulo André de Oliveira, Bruno Lins, Derick de Souza Silva e Luis Gabriel Pereira da Silva.

“Mais uma vez estou me preparando para o Mano a Mano. Estou muito empolgado com esse grande evento. Tenho certeza que será muito emocionante. Convido a torcida para participar. O evento acontecerá um lugar lindo, com uma arena incrível e uma corrida muito veloz”, empolga-se Gatlin.

Disputas  no feminino – Rosângela Santos promete dar trabalho

Rosângela Santos, atual recordista sul-americana nos 100m (10s91), promete dar trabalho às suas adversárias. Em excelente fase, a brasileira brigará pelo tetracampeonato.

As outras duas vagas na final serão preenchidas após a disputa do qualificatório, no sábado, entre as também brasileiras: Evelyn dos Santos, Franciela Krasucki, Geisa Coutinho e Andressa Fidelis.

“Eu adoro esse evento. É uma competição muito legal que aproxima o público dos atletas. Sem dúvida, é uma oportunidade para os cariocas assistirem os melhores atletas do mundo. Fui campeã em outras edições e espero repetir o resultado”, declara Rosângela Santos.

 

Deixe um comentário

Error, no Block ID set! Check your syntax!