Notícia esportiva em primeiro lugar!

Etapa do Mundial na Paraíba marca retorno de ex-número 1 do beach tennis no Brasil 

Entre 2009 e 2013, o carioca Gui Prata foi o número 1 do Brasil no beach tennis ao lado do conterrâneo Vini Font. Mas em 2014 decidiu parar para assumir a função de técnico da seleção do nosso país. Depois de quatro anos, ele vai retornar às quadras como jogador para disputar uma etapa do Circuito Mundial em setembro, na orla de João Pessoa. Gui decidiu buscar a reencontrar o alto nível no esporte que ama por motivos de saúde e também por dedicação.
“Espero conseguir jogar novamente em alto nível durante o torneio. Confio no meu parceiro (o carioca Bruno Falcão) e acredito que podemos fazer uma boa disputa. Este nível de torneio é muito importante para o beach tennis por sempre atrair os melhores do mundo. Isso ajuda a desenvolver os nossos jogadores. Ter a nata toda do esporte motiva não só os jogadores, mas também os amadores que têm a possibilidade de ver de perto esses craques”, comentou Gui Prata.
O beach tennis no Brasil é disputado há pouco tempo, quase 10 anos apenas. Quando Gui Prata começou a jogar em 2009 representou o Brasil seis meses depois e já conseguiu ser terceiro lugar na Copa das Nações, na Itália.
“A partir daquele momento consegui alcançar resultados muito legais no esporte. Fui número 1 do Brasil junto com meu ex-parceiro durante cinco anos. Cheguei a ficar entre os 10 melhores do planeta, sendo o oitavo no ranking mundial. Além de ser campeão do mundo em 2013, na Rússia. Após assumir a seleção brasileira em 2014 e 2015, ainda fomos vice-campeão mundial por equipes e campeão pan-americano. Sou o único a conseguir esses feitos como jogador e treinador”, relembrou.
A etapa de João Pessoa do Circuito Mundial de beach tennis será disputada entre os dias 21 e 23 de setembro, no Busto de Tamandaré. A organização do torneio espera receber cerca de 500 tenistas do mundo inteiro.

Deixe um comentário