Notícia esportiva em primeiro lugar!

Legião da Boa Vontade (LBV) entra em campo com seu time solidário

Legião da Boa Vontade (LBV) entra em campo, com seu time solidário, para jogar por um Brasil vencedor e ajudá-lo a conquistar um título que ainda lhe falta: o de país justo. O lateral paraibano, Fábio Santos, também está fazendo parte desta campanha.

É a campanha Fiz um gol pela infância brasileira!, iniciativa realizada tradicionalmente pela Instituição, a cada edição da Copa do Mundo da Fifa, que visa mobilizar doações para a manutenção dos programas socioeducacionais que a LBV promove em todo o país.

Essas ações oferecem educação, cultura, saúde, alimentação e capacitação profissional, melhorando as condições de vida de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos em situação de pobreza. Com uma colaboração de 58 reais e mais custo de frete, você veste a camisa para torcer pelo Brasil e faz um golaço pela infância brasileira.

Nesta edição, a campanha recebeu a adesão de jogadores que autografaram uma camisa, a qual será entregue a colaboradores da Instituição que fizerem doações para a iniciativa. A LBV convoca você para se juntar a este time em prol da construção de um país justo, solidário e com oportunidades iguais para todos.

Destacam-se os jogadores: Miranda (zagueiro), do Internazionale, de Milão; Marcelo (lateral-esquerdo), do Real Madri, da Espanha; Cássio (goleiro), do Corinthians; Roberto Firmino (atacante), do Liverpool, da Inglaterra; Renato Augusto (meia), do Beijing Guoan, da China; Rodrigo Caio (zagueiro), do São Paulo; Eduardo Sacha (atacante), Gabigol (atacante), David Braz (zagueiro) e Vanderlei (goleiro), do Santos; Fábio Santos (lateral-esquerdo), Róger Guedes (atacante), Victor (goleiro) e Erik (atacante), do Atlético Mineiro; Fábio (goleiro), do Cruzeiro; Marcos Júnior (atacante) e Gum (zagueiro), do Fluminense; Marcelo Grohe (goleiro), do Grêmio; Rildo (atacante), Yago Pikachu (lateral-direito) e Wagner (meia), do Vasco da Gama.

A campanha ainda homenageia vários ídolos do esporte que também assinaram a camisa: Pelé, Careca, Rivellino, Clodoaldo, Paulo Roberto Falcão, Ronaldo Fenômeno, Zico, Dunga, Taffarel, Marcos e Caio Ribeiro (comentarista).

Deixe um comentário