Notícia esportiva em primeiro lugar!

Maia tenta controlar a ansiedade do elenco do Auto Esporte

A maior preocupação do treinador Maia tem sido controlar a ansiedade do elenco do Auto Esporte, que acumula seu maior recorde negativo, acumulando um jejum de 12 partidas sem conhecer vitória. São oito derrotas e quatro empates somando as duas fases do Campeonato Paraibano de 2018.

Depois da derrota de domingo para o Nacional de Patos, por 1 a 0, em Patos, o elenco automobilista retoma os treinos hoje, visando a partida de amanhã, contra a Desportiva Guarabira pela terceira rodada do quadrangular da morte. Nesta fase, o Auto Esporte empatou na estreia com o Atlético de Cajazeiras (1×1) e perdeu o Nacional por 1 a 0.

O time que começou e terminou como lanterna no Grupo A, no primeiro turno, continua sendo o último colocado no quadrangular da morte que vai rebaixar os dois últimos colocados para a Segunda Divisão do próximo ano. O treinador Maia tem conversado com os jogadores, com o objetivo de motivar o grupo.

Para o compromisso de amanhã, contra a Desportiva Guarabira, no estádio Sílvio Porto, em Guarabira, o treinador Maia deve contar com todo elenco. O zagueiro Luiz Paulo que cumpriu suspensão no jogo passado fica à disposição. De acordo com Maia, não tem nenhum jogador com o terceiro cartão.

Além da partida de amanhã, o Auto Esporte ainda vai atuar contra a própria Desportiva Guarabira na fase de volta. Depois, de acordo com a tabela, o time do povo vai encarar o Nacional de Patos, em João Pessoa e depois encara o Atlético, na cidade de Cajazeiras.

Deixe um comentário