Notícia esportiva em primeiro lugar!

Minas vira o jogo e vence o Sesi-SP por 3 sets a 2

274710_574692_minas_x_sesi_5_web_O Minas Tênis Clube (MG) jogou em casa, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) e, com apoio da torcida, conseguiu uma grande virada na tarde deste sábado (30.01), pela quarta rodada do returno da Superliga masculina de vôlei 2015/2016. Depois de perder os dois primeiros sets, a equipe mineira reagiu e venceu por 3 a 2, com parciais de 23/25, 20/25, 25/22, 25/21 e17/15, em 2h28 de jogo.

Com a vitória, o Minas teve eleito o melhor jogador da partida e o mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) foi o levantador Everaldo. O jogador teve grande desempenho na distribuição de bola e ainda foi determinando no bloqueio, conseguindo pontos neste fundamento em momentos importantes.

Outro destaque da partida ficou por conta do ponteiro Bruno Canuto, que, com bons passes, ajudou para a boa atuação de Everaldo. O jogador comentou sobre o desempenho do grupo mineiro nesta tarde.

“Acho que mesmo nos sets em que nós perdemos, fomos muito bem. Alguns detalhes que fizeram a diferença. A partir do terceiro set, continuamos focados, não desistimos do jogo em nenhum momento e fomos todos juntos, cada um ajudando o outro como podia. E com essa força e confiança fomos ao tie break e, de virada, conseguimos a vitória. Esse resultado foi muito importante para elevar a moral e confiança que nosso time precisava”, disse Canuto.

Na próxima rodada, que vai ser completa na quinta-feira (04.02), o Minas Tênis Clube receberá o JF Vôlei (MG), às 19h30, enquanto o Sesi-SP voltará para São Paulo (SP) para enfrentar o São José Vôlei (SP).

Hoje, o Sada Cruzeiro (MG) já entrou em quadra e conseguiu a vitória sobre o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) por 3 sets a 0 (28/26, 25/18 e 26/24), no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR). Os outros quatro jogos do dia serão realizados a partir das 18h deste sábado.

O JOGO

Contando com erro do adversário, o Minas Tênis Clube saiu na frente. No bloqueio, o time da casa fez 3/0. O Sesi-SP chegou ao ponto de empate em 3/3. O equilíbrio seguiu em 7/7 e as equipes seguiram trocando pontos. Com Murilo, o time paulista chegou ao empate em 9/9. Com o central Flávio, o Minas fez 11/10. O Sesi-SP virou o jogo no segundo tempo técnico (16/15). A equipe visitante ainda abriu maior vantagem em 19/16. O Minas voltou a equilibrar a parcial em 20/19 e ainda deixou tudo igual em 21 pontos. As equipes seguiram com boa disputa e, no bloqueio de Murilo, o Sesi-SP fechou em 25/23.

O Sesi-SP saiu na frente no segundo set, mas, no bloqueio de Flávio, o Minas assumiu o comando do marcador: 4/3. Na sequência, a equipe paulista pontuou mais e abriu 8/5 para depois colocar o dobro de pontos em 10/5. O Minas Tênis Clube, então, reagiu e diminuiu a diferença no placar para 12/10. No bloqueio de Rafael, o time de São Paulo voltou a abrir (15/11). Com ponto de bloqueio de Aracaju, o Sesi-SP chegou a 19/15. Rafael Araújo conseguiu bom ataque e levou o time visitante a 22/17. Depois de bola bastante disputada, Gustavão bloqueou e o placar foi a 23/17. No final, vitória do Sesi-SP por 25/20.

Embalado pelos dois primeiros sets, o Sesi-SP saiu na frente também no terceiro set (5/2). Porém, contando com erros do adversário, o Minas Tênis Clube virou o placar e fez 7/6. O set esteve igual em 9/9. No bloqueio de Flávio, o time da casa chegou a 13/11. O Sesi-SP encostou em 15/14 e Nery Tambeiro pediu tempo. O empate em 17/17 deu mais equilíbrio ao jogo na terceira parcial. Quando o Sesi-SP fez 18/17, Rafael Araújo parou o jogo para ser atendido depois de machucar o dedo. Já na reta final, o time visitante abriu dois (22/20) e o Minas empatou (22/22). Com dois bloqueios seguidos de Everaldo, a equipe da casa fez 24/22. E, no erro do adversário, o Minas fechou em 25/22.

O Sesi-SP levou a melhor na primeira parte do quarto set. No bloqueio de Aracaju, o time visitante chegou a 8/5. Com Bruno Canuto, o Minas reduziu a desvantagem em 9/7. Quando Gustavão bloqueou e o Sesi-SP fez 11/7, Nery Tambeiro pediu tempo. Com o levantador Everaldo bem no bloqueio, o Minas se recuperou e tirou a diferença: 12/11. No bloqueio de Thiaguinho, o time paulista voltou a abrir dois (14/12). O set ganhou novamente equilíbrio quando o Sesi-SP teve vantagem de apenas um ponto: 18/17. O time da casa não desistiu e, na bola de segunda de Everaldo, virou em 20/19. Contando com erros do time visitante, o Minas fez 22/20 e Pacheco pediu tempo. Com dois bloqueios de Everaldo, 24/20. E no erro de saque, o Minas fechou em 25/21.

O Sesi-SP saiu na frente no set decisivo no erro do adversário. A vantagem seguiu boa em 4/1. Neste momento, Nery Tambeiro pediu tempo para conversar com os seus jogadores. No erro do Minas, o time visitante fez 6/3 e, no bloqueio simples de Gustavão, 7/3. Com Rafael Araújo, a equipe paulista chegou a 9/5. Com Escobar explorando o bloqueio adversário, o Minas reduziu para 11/8. Com Raidel, o Minas encostou em 11/10 e também com ele, empatou em 11/11. O time paulista fez 13/11 e a equipe mineira voltou a empatar (13/13). O Minas voltou a assumir o set em 16/15 em mais um bloqueio de Everaldo.

Deixe um comentário