Notícia esportiva em primeiro lugar!

Paraibano Thiaguinho está próximo de conquistar segundo título em menos de 15 dias

Menos de 15 dias após garantir o troféu do Desafio Sul-Americano de Morón, na Argentina, o paraibano Thiaguinho terá a chance de conquistar o título do campeonato carioca de vôlei. O segundo e último jogo da final será disputado nesta terça-feira (10/10), às 20 horas (horário de Brasília), contra o Botafogo, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Thiaguinho, um dos reforços do time na temporada, enfrentará a equipe do experiente e também levantador Marcelinho, 42 anos.

Quando chegou ao Sesi-SP, em 2014, Marcelinho, bicampeão mundial 2002/2006, não poupou elogios ao jovem Thiaguinho, então seu reserva. Passados três anos, eles se enfrentarão pelo título carioca.

“Observando o Marcelinho durante os treinos e jogos, me ensinou muito. Ele consegue tirar o melhor de cada atacante e do time com um jogo simples e preciso. Ele entende muito bem o jogo taticamente. Então observando caras como ele jogar você consegue extrair muita coisa boa”, ressaltou Thiaguinho.

No primeiro confronto entre os dois times em busca do título carioca, no último sábado (7/10), o Sesc-RJ venceu por 3 sets a 1. Se alguns erros foram cometidos naquela vitória, o time espera não voltar a cometê-los. “Acho que demoramos um pouco para impor o nosso ritmo e não podemos repetir isso”, afirmou Thiaguinho. “O Marcelinho é muito experiente e faz o time do Botafogo rodar muito bem. Temos que sacar com agressividade para dificultar o trabalho dele”, disse o jovem levantador de 24 anos do Sesc-RJ.

Em 2016, as duas equipes também decidiram o título carioca e o Sesc-RJ levou a melhor. No próximo sábado (14/10), o Sesc-RJ estreará na Superliga 2017/2018 contra o EMS Taubaté Funvic, também no Tijuca Tênis Clube.

Deixe um comentário