Notícia esportiva em primeiro lugar!

Recordando os últimos confrontos entre Botafogo e Treze no PV

Treze 1 x 1 Botafogo-PB (1)A última partida entre Botafogo e Treze, realizada no Estádio Presidente Vargas (PV), em Campina Grande, aconteceu no dia 6 de junho de 2010. Foi um jogo amistoso, que acabou empatado em 1 a 1.

Curiosidades deste jogo amistoso – O treinador do Botafogo era o Sr. Itamar Schulle, que utilizou aquele amistoso como último teste antes da estreia do Botafogo na Copa do Nordeste.
O Botafogo apresentou uma formação para cada tempo da partida: 1º tempo – Genivaldo, Zé Wilker, Rogério, Ricardo Oliveira, Camilo, Marcílio, Val, Ricardo Miranda, Washington, Ednaldo e Tinho. 2º tempo – Thiago Moraes, Rafinha, Alysson, Michell, Nininho, Danilo, Zaquel, Chapinha, Mexirica, Leonardo e Maurício Pantera.
Time do Treze – Wanderson; João Paulo, Weverson, Tiago Messias e Cleidson; Pio, Fernando, Da Silva Exu e Miltinho; Vavá e Cléo. Técnico: Marcelo Vilar. O treinador Vilar também efetuou várias substituições, mas não foi possível registrá-las.
Expulsões – No segundo tempo, após um desentendimento entre o volante Pio do Treze e o lateral esquerdo do Botafogo Nininho, que inclusive chegaram as vias de fato, o árbitro da partida, Sr. Jéferson Nolette, expulsou os dois atletas brigões.
Gols – O placar do jogo só sofreu alterações no segundo tempo. Logo no início da etapa complementar, o atacante Cléo Paraense driblou o zagueiro Michell e bateu forte, cruzado, sem defesa para o arqueiro Thiago do Botafogo.  O gol de empate do Belo saiu no final do jogo, após uma bomba da intermediária, disparada pelo zagueiro Alysson do Botafogo.
Rivalidade – A partida, apesar de caráter amistoso, teve todos os ingredientes que alimentam a rivalidade entre Botafogo e Treze do famoso Clássico Tradição. Para se ter uma ideia, quando o zagueiro Tiago Messias do Treze soube que ia ser substituído, caiu em campo para aguardar a chegada da maca, fazendo a tradicional “cera”. E para não faltar absolutamente mais nada, o Botafogo também foi roubado pela arbitragem, quando o Sr. Jéferson Nolette, árbitro central do jogo, não assinalou um pênalti clamoroso, quando um defensor galista cortou a trajetória da bola com a mão, dentro da área.
Remanescentes – Participantes deste último confronto que atualmente estão defendendo as cores do Botafogo: Genivaldo, Zaquel, Pio e Cléo Paraense, além do treinador Marcelo Vilar.
A última partida oficial entre Botafogo e Treze realizada no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande, aconteceu no dia 23 de agosto de 2000, 2 a 2, válida pela Copa João Havelange.
Por Fábio Fernandes

Deixe um comentário