Notícia esportiva em primeiro lugar!

Seleção Brasileira busca o oitavo título no Ibero-Americano

Com 365 atletas de 24 países o Campeonato Ibero-Americano de Atletismo começa nesta sexta-feira dia 1º, no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo. Atletas de nível mundial competirão na 16ª edição do Ibero-Americano, que tem o Brasil como líder geral do pódio histórico, com 44 medalhas. A Espanha, com 339 medalhas, e Cuba, com 300, ocupam, respectivamente, a segunda e a terceira posição. Já em número de medalhas de ouro, Cuba é a primeira colocada, com 161, enquanto o Brasil é o segundo com 153 e a Espanha é a terceira, com 108.

Dos 29 países que compõem a Associação Ibero-Americana de Atletismo, 24 estarão representados em São Paulo. E o Brasil lutará por seu oitavo título por equipes. Antes, o País venceu as edições de Manaus-1990 (Brasil), Mar del Plata-1994 (Argentina), Rio de Janeiro-2000 (Brasil), Cidade da Guatemala-2002 (Guatemala), Ponce-2006 (Porto Rico), Iquique-2008 (Chile) e Barquisimeto-2012 (Venezuela).

Para manter a ponta no número de pódios, tentar ultrapassar Cuba no número de medalhas de ouro e buscar mais um título coletivo, o Brasil participará com equipe completa: são 81 atletas, entre eles o bicampeão mundial indoor do salto em distância Duda da Silva, que está voltando às competições depois de recuperar-se de lesão.

“O Duda está voltando agora, não podemos esperar uma grande marca no Ibero. Ele está se preparando para as grandes competições das próximas temporadas”, explicou o treinador do atleta, Aristides Junqueira, o Tide. Ele aludia ao Campeonato Mundial de Pequim e aos Jogos Pan-Americanos de Toronto, eventos marcados para 2015, e, claro, aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Entre outros nomes importantes, estão inscritos atletas como os brasileiros Anderson, finalista nos 400 m no Mundial de Moscou, e Izabela Rodrigues, campeã do lançamento do disco no Mundial de Juvenis recém-encerrado nos Estados Unidos.

Destaque também para vários atletas dos demais países participantes, como Gabriel Calvo (Costa Rica), na marcha 20.000 m Luguelin Santos (República Dominicana), nos 200 m Angela Tenório (Equador), medalhista nos 100 m e 200 m no Mundial de Juvenis dos Estados Unidos Germán Chiaraviglio (Argentina), no salto com vara.

O presidente da CBAt, José Antonio Martins Fernandes, estava feliz em receber representantes de tantos países em São Paulo. E lembrou que o Ibero-Americano de 2016 será também no Brasil: “A competição será realizado no Estádio Olímpico do Engenhão, será o evento-teste para o torneio de Atletismo dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro”, afirmou.

NOVIDADE – O diretor da competição Martinho Santos informou sobre a utilização de placares eletrônicos para as provas de campo. “Será a primeira vez que usaremos estes novos equipamentos, graças à parceria da CBAt com a empresa The Led. Quem for ao Estádio poderá acompanhar melhor o andamento das provas de saltos e lançamentos, seguindo o padrão da IAAF”, disse Martinho, que afirmou que o “estádio está preparado para o evento”, que teve seu Congresso Técnico realizado na manhã desta quinta-feira dia 31, no Hotel Pestana, de São Paulo.

O 16º Campeonato Ibero-Americano de Atletismo 2014 é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio da CAIXA e apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Federação Paulista de Atletismo.

Deixe um comentário