Notícia esportiva em primeiro lugar!

Treze coloca dois na seleção

A décima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, na abertura do returno, terminou nesta segunda-feira, depois de muitos empates. Ainda assim, muitos atletas conseguiram se destacar o suficiente para ganhar uma vaga em mais uma edição da Seleção da Rodada do Portal Futebol Interior.

Desta vez, o São José é o time com mais representantes, três no total. Na sequência, vem o Volta Redonda, quer emplacou dois nomes na equipe ideal do FI

CONFIRA A SELEÇÃO DA 10.ª RODADA DA SÉRIE C:

Jefferson (Náutico);

Gedeilson (Volta Redonda), Luan (Confiança), Anderson Penna (Treze) e Tsunami (Boa Esporte);

Anderson Pedra (ABC), João Paulo (Juventude), Karl (São José) e Rafael Tavares (São José);

Vanger (Treze) e Núbio Flávio (Volta Redonda).

Técnico: Rafael Jaques (São José).

_____________________________________________________________________________

Goleiro: Jefferson (Náutico)
O Náutico teve uma atuação bastante limitada contra o ABC e por pouco não saiu de campo com um resultado pior. Jefferson estava em uma dia inspirado e fez defesas importantes para evitar a derrota alvirrubra;

Lateral-direito: Gedeilson (Volta Redonda)
Foi peça importante na vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Atlético Acreano. Defendeu bem, apoiou com qualidade, e foi decisivo na bola parada. Em cobrança de falta, deu a assistência para o gol do empate, marcado por Núbio Flávio.

Zagueiro: Luan (Confiança)
Fez uma estreia muito boa no Confiança, com direito a gol no empate por 1 a 1 com o Sampaio Corrêa, mas não só por isso. Mostrou bastante segurança e entrosamento com o sistema defensivo, além de ter feito boas interceptações.

Zagueiro: Anderson Penna (Treze)
O ataque do Santa Cruz pouco funcionou diante da boa organização defensiva do Galo da Borborema. Muito disso em razão de grande atuação de Anderson Penna, que ganhou a miaor parte dos duelos, seja por cima e por baixo

Rafael Tavares estava em dia inspirado no São José. (Foto: Eduardo Torres / EC São José)

Rafael Tavares estava em dia inspirado no São José. (Foto: Eduardo Torres / EC São José)

Lateral-esquerdo: Tsnuami (Boa Esporte) 
Criado nas categorias de base do Remo, cumpriu a função da “Lei do Ex” no reencontro com o ex-clube. Foi ele o autor do gol do empate do Boa Esporte, nos minutos finais. Além disso, foi muito constante durante todo o jogo, com apoio sólido ao ataque.

Volante: Anderson Pedra (ABC)
Já foi alvo de críticas em alguns momentos nesta temporada, mas parece não ter se abalado. Foi um dos pilares do meio de campo no empate por 1 a 1 com o Náutico, em partida que renovou as esperanças do torcedor abecedista, apesar do empate.

Volante: João Paulo (Juventude)
Com muita experiência, sabe cadenciar o jogo quando necessário e distribui bem o jogo aos companheiros. Contra o Luverdense, foi incansável e ajudou o Juventude a voltar para liderança, com uma vitória por 2 a 0.

Volante: Karl (São José)
Vem apresentando um futebol bastante dinâmico, com poder de marcação e qualidade na saída de bola. Na vitória por 2 a 0 sobre o Tombense, se desdobrou para marcar e contribuiu para uma troca de passes eficientes. Deu a assistência para o gol de Luiz Eduardo, após boa trama coletiva.

Meia: Rafael Tavares (São José)
Assim como Karl, é um dos pontos fortes da articulação do meio campo do Zeca. Com visão de jogo e bom posicionamento, faz a bola rodar e acha espaços na defesa adversário. Além de ter participado do gol de Luiz Eduardo, entregando a bola a Karl, foi o autor do segundo gol.

Núbio Flávio voltou a jogo e já deixou o dele. (Foto: Divulgação / Volta Redonda)

Núbio Flávio voltou a jogo e já deixou o dele. (Foto: Divulgação / Volta Redonda)

Atacante: Vanger (Treze)
Sem dúvida, o melhor em campo na vitória por 2 a 0 sobre o Santa Cruz. Bastante entrosado com o lateral-esquerdo Silva, criou uma série de jogadas perigosos, se apresentou aos companheiros a todo momento e marcou o primeiro gol alvinegro.

Atacante: Núbio Flávio (Volta Redonda)
Após mais de um mês sem jogar em razão de uma lesão, finalmente voltou a campo e correspondeu às expectativas da torcida. Marcou o primeiro gol, participou do segundo e agora tem quatro gols em quatro jogos disputados pela Série C.

Técnico: Rafael Jaques (São José)
Tem feito um trabalho muito sólido no São José. Com uma ideia de jogo que prioriza bola no chão e troca de passes, viu o time construir uma boa vitória por 2 a 0 sobre o Tombense, no que foi o sexto jogo sem derrota para o Zeca.

Futebol Interior

Deixe um comentário