Notícia esportiva em primeiro lugar!

Treze joga o suficiente para vencer o Nacional

Marcelinho Paraíba abre o placar após linda jogada de Vitinho e Ferreira. Foto – ascom do Treze

O Treze não fez uma grande apresentação, mas jogou o suficiente para vencer o Nacional de Patos por 1 a 0, gol do meia Marcelinho Paraíba, neste sábado à tarde, no estádio Presidente Vargas, na cidade de Campina Grande.

Com um gol de Marcelinho Paraíba aos 20 minutos do primeiro tempo, o Treze somou mais três pontos ganhos e se isolou na liderança do Grupo B com 14 pontos ganhos, seis a mais que o segundo colocado, o CSP e sete na frente do terceiro colocado, o Atlético de Cajazeiras.

O jogo não foi uma magnitude de espetáculo de futebol. Os times deixaram claro a partir dos primeiros minutos que tinham propostas bem diferentes na parte técnica.

Enquanto os trezeanos partiram para cima, buscando o gol de qualquer maneira, com jogadas pelas laterais com Caique, na esquerda e Ferreira, pelo lado direito, o Nacional não saia para o jogou.

Nos primeiros 15 minutos de jogo só deu Treze, com domínio absoluto na posse de bola. O Nacional saiu do seu campo, pela primeira fez aos 18 minutos. Mesmo assim, não teve chance de chutar para a meta adversária.

O Treze justificou ser o comandante do jogo aos 20 minutos em jogada pela direita, com Ferreira que tocou para Viinho. O camisa sete colocou Marcelinho Paraíba de frente para o goleiro Pantera. O camisa dez chutou de perna esquerda abrindo o placar.

A única chance do Nacional cai nos pés de Patrick que chutou o goleiro Copete falhou, mas a defesa através do zagueiro Leonardo Luis conseguiu afastar o perigo.

Mais mais duas grandes chances para o Treze, no primeiro tempo. Uma deles o goleiro Pantera soltou um chuete fraco do atacante Reinaldo Alagoano, mas o meia Tininho não aproveitou a sobra e chutou para fora. Depois Tininho passou por dois adversário e chutou nas mais do goleiro nacionalino.

No segundo tempo, o Treze poderia ter resolvido logo nos primeiros minutos, duas jogadas de Marcelinho Paraíba. Na primeira fez entregou a bola para Rinaldo Alagoano, que chutou em cima da zaga. Na segundo oportunidade, o próprio Marcelinho Paraíba chutou no canto, mas uma grande defesa de Pantera.

O Nacional teve chance de empatar em cobranças de faltas, com o lateral Silva. O primeira bateu na trave e na segunda o goleiro do Galo defendeu. O Treze soube como administrar a vitória, resultado que garantiu o primeiro lugar do time no Grupo B, com 14 pontos ganhos.

Treze X Nacional
Público pagante: 2.736
Renda: R$ 54.360,00
Público não pagante: 227

Tesoureiro: José Alberto Araújo de Holanda Júnior.

O Treze com Rafael Copete, Ferreira, Leonardo Luiz e Caique; Guto, Alberto, Vitinho (Júlio Barbosa) e Marcelinho Paraíba (Jonatham); Reinaldo Alagoano e Tininho (Dedé).

O Nacional jogou com Pantera, Alex (Rodrigo), Leandro, Junior e Silva; Vitor, Manu (Bruno Paraíba), Gerson (Ruan) e Patric; Lúcio Curió e Cesinha.

Antonio Rocha apitou com Deguerro Xavier e Tarcisio José nas bandeiras.

Deixe um comentário