Futebol

Treze usa método chinês para manter elenco em forma

Treze usa método chinês para manter elenco em forma
O preparador físico do Treze, Renan Barros, está utilizando sua experiência de atuação no futebol chinês para conduzir as atividades do time. Ele chegou a acompanhar os primeiros casos do coronavírus diagnosticados na China, em dezembro do ano passado. Preocupado com a sua saúde de sua família, o paraibano de Campina Grande, preferiu rescindir o contrato com o Taiwin Soccer School.
Coincidentemente, na época em que Renan retornou para casa, o Treze passava por mudanças em sua comissão técnica, com a saída de Celso Teixeira e a chegada de Moacir Júnior. No lugar e hora certos, o preparador aceitou o convite dos dirigentes do Galo da Borborema para reassumir a vaga na equipe do elenco alvinegro.
Depois de duas semanas trabalhando no Presidente Vargas ele voltou a se deparar com o novo coronavírus, que tem chegou a Brasil e à Paraíba. “Eu vivenciei isso na China. Cada jogador lá já acompanhava as orientações através de aplicativos pelo celular, mesmo antes do coronavírus. Com isso ficou mais fácil de trabalhar com eles”, explicou Renan Barros.
Segundo ele, os atletas precisam se comprometer com as orientações repassados por ele e ca comissão técnica do Galo. Com base em sua experiência, o preparador físico vai aplicar o mesmo método adotado com sua ex-equipe chinesa. “O jogador pode fazer muita coisa, mesmo sem sair de casa, basta seguir o treino individual, para não poder seu condicionamento físico”, afirmou.
Mas, a principal preocupação de Renan Barros é que os atletas não obedeçam uma rotina, isso porque dois dias sem treinamentos, já atrapalham o condicionamento dos jogadores. Ele espera que na volta das atividades, esses atletas não estejam tão fora da realidade. “Isso vai de acordo com cada jogador. Tenho que esperar o retorno, para poder a reavaliar do elenco”, pontuou o preparador físico do Treze.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.