Notícia esportiva em primeiro lugar!

Treze 1×0 Ferroviário-CE, no Amigão

O jogo valeu o título de campeão do Campeonato Brasileiro da Série D de 2018 para o Ferroviário e foi disputado no estádio Amigão em Campina Grande, às 18h30. Marcelinho Paraíba fez o gol do Treze cobrando pênalti.

A Séri D do Brasileirão conheceu o grande campeão! Neste sábado (4), jogando no Estádio Amigão, o Ferroviário-CE até saiu derrotado pelo Treze-PB, por 1 a 0, mas fez valer a vitória por 3 a 0, obtida no jogo de ida, na Arena Castelão, para celebrar a maior conquista da história do clube. O gol solitário do duelo foi marcado por Marcelinho Paraíba, de pênalti.
Vale ressaltar que o campeão Ferroviário-CE, o vice-campeão Treze-PB, além de Imperatriz-MA e São José-RS, garantiram vaga na Série C do Brasileirão em 2019.
O JOGO
 Precisando tirar uma diferença de três gols, o Treze-PB partiu para cima na primeira etapa. Ao Ferroviário-CE, restou se postar e tentar buscar os contra-ataques. Mas a melhor chance do Galo no primeiro tempo veio apenas aos 35 minutos, em chute de Leilson, mas que parou nas mãos do goleiro Gleibson.

A etapa final era crucial para o Treze-PB. Mas a equipe paraibana pouco conseguia criar. Até que, aos 21 minutos, Marcelinho Paraíba arriscou chute de longe. A bola passou muito perto do gol. Mas os donos da casa acabariam marcando. Na marca dos 23, o árbitro assinalou pênalti para o Galo. Na cobrança, Marcelinho Paraíba deslocou o goleiro e deu sobrevida à equipe.

Aos 33 minutos, por pouco o placar não foi ampliado. Talisson fez boa jogada individual, pelo lado esquerdo, e soltou uma bomba. A bola passou raspando na trave do Ferrão. Mas a equipe cearense, que construiu grande vantagem no primeiro jogo, administrou a partida e soltou o grito de “é campeão!”.

Ficha técnica

Treze 1×0 Ferroviário-CE

Fase final do Campeonato Brasileiro da Série D

Horário: 18h30

Local: estádio Amigão

Cidade: Campina Grande/PB

Gol: Marcelinho Paraíba
Público: 7.031 Pagantee  e  1.367 não Pagantes
Renda: R$ 153.040,00

Árbitros: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi eMauricio Coelho Penna(RS)
Quarto árbitro: Emanuel Diniz (PB)
Quinto árbitro: Oberto Santos (PB)

Treze: Mauro Iguatu, Alex Travassos (Júlio Barbosa), Brumati, Nilson Júnior e Zé Carlos (Tallison); Coppetti, Dedé, Marcelinho Paraíba e Patrick (Tiberio); Leílson e Leandro Love. Técnico: Flávio Araújo

Ferroviário-CE: Gleibson, Lucas Mendes, Afonso, André Lima e Sávio; Mazinho, Leanderson, Janeudo e Esquerdinha (Gleibson); Edson Cariús e Luís Soares ,(Valdeci). Técnico: Marcelo Vilar

Viradas histórias do Treze

Copa do Brasil 1999

Treze 2×3 Santa Cruz-PE – ida

Santa Cruz-PE 2×4 Treze – volta

Copa do Brasil 2005

Ubra-RS 3×0 Treze – ida

Treze 5×0 Ubra-RS – volta

Campeonato Paraibano 2011

Botafogo 4×0 Treze – ida

Treze 4×0 Botafogo – volta

http://radiotabajara.pb.gov.br

Deixe um comentário