Notícia esportiva em primeiro lugar!

Goalball do Brasil ganha dois ouros em Lima

Goalball do Brasil ganha dois ouros em Lima

Meninas levam jogo à prorrogação com gol a 14 segundos do fim e ganham no tempo extra; rapazes são tri
#Acessibilidade: foto mostra Victoria Amorim e Ana Gabriely ajoelhadas e abraçadas na quadra, com a comissão técnica ao fundo comemorando a vitória na final.

Por Comunicação CBDV

Lima/PER

O goalball brasileiro mostrou neste sábado (31), em Lima, no Peru, por que é um dos mais fortes do mundo. As duas seleções, feminina e masculina, venceram suas finais – ambas contra os Estados Unidos – e garantiram ao país mais duas medalhas de ouro nos Jogos Parapan-Americanos. O Brasil repete, assim, a campanha de Toronto 2015.

A decisão entre as mulheres teve contornos dramáticos. Derrotadas pelas adversárias na fase classificatória (4 a 2), as brasileiras perdiam novamente, desta vez por 3 a 2, quando Jéssica Vitorino, que entrara na vaga de Victoria Nascimento momentos antes, marcou um gol logo em seu primeiro arremesso, a 14 segundos do fim, levando a partida à prorrogação.

“Assumi a responsabilidade ali e consegui ajudar a equipe neste momento mais difícil”, comentou a ala.

Na segunda parte do tempo extra, foi a vez da artilheira Carol Duarte brilhar. Assim como fizera na semifinal, diante das canadenses, ela anotou o golden goal que assegurou o bicampeonato para as meninas.

“Foi um momento de muita superação. Superação do meu cansaço, de toda a dificuldade que estávamos enfrentando na partida. A garra, a união, a determinação predominaram naquele momento e conseguimos construir o gol decisivo”, disse a jogadora, que balançou as redes duas vezes na final – além dela e de Jéssica, Victoria também deixou o dela.

O foco, agora, será buscar em Tóquio a primeira medalha paralímpica da história para o goalball feminino do Brasil. “Essa conquista dá mais motivação para as meninas, ao grupo. É acertar o que foi demonstrado de alguns problemas e partir para Tóquio com a expectativa de medalha”, confirmou o técnico Dailton Nascimento.

Vale lembrar que as duas categorias já estavam classificadas para a Paralimpíada de 2020 devido aos triunfos obtidos no Mundial da modalidade, no ano passado, na Suécia, quando os homens conquistaram o inédito título e as mulheres ficaram com o bronze.

Homens são tri

No caso do masculino, foi o terceiro ouro parapan-americano consecutivo. Além do primeiro lugar em Toronto, há quatro anos, também havia ganhado os Jogos de Guadalajara 2011 – ocasião em que o feminino foi prata.

A final no Coliseo Miguel Grau foi bem mais tranquila do que a das meninas, mas ganhou um pouco de suspense na última parte do jogo. Após virar o primeiro tempo com 9 a 3 no placar e dar a sensação de que conseguiria o game facilmente, o Brasil viu a diferença ficar em 11 a 9 perto do término do confronto. Leomon tratou de balançar as redes pela nona vez na partida e fechar a conta em 12 a 9.

“Sofremos alguns gols, mas conseguimos suportar os Estados Unidos até o final. Cada vitória nesse ciclo até Tóquio é importante. Nosso objetivo maior é conquistar esse ouro por lá”, comemorou o ala Parazinho, autor dos outros três gols brasileiros na decisão.

Melhor jogador do mundo na atualidade, Leomon cumpriu a promessa feita antes da campanha começar, quando afirmou que a seleção daria um recado aos rivais da próxima Paralimpíada: “O ouro aqui em Lima foi o nosso recado para falar que em Tóquio 2020 é isso que vamos buscar também, nada menos do que isso”.

Após bater na trave em Londres 2012 (prata) e no Rio 2016 (bronze), o objetivo dos comandados de Alessandro Tosim é conquistar o primeiro lugar no pódio.

“A gente está se preparando cada vez mais. Dissemos que o Parapan seria como uma semifinal de Tóquio. E é isso que a gente pretende, chegar lá com seis atletas muito preparados para buscar essa medalha”, disse Tosim.

Crédito da foto: Douglas Magno/Exemplus/CPB

Comunicação CBDV

Renan Cacioli

Deixe um comentário

Error, no Ad ID set! Check your syntax!
Error, no Ad ID set! Check your syntax!
Error, no Ad ID set! Check your syntax!