Futebol

Internacional disputa jogos em Mamanguape

Franco Ferreira
O Internacional manteve sua sede no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, como um clube amador. Mas, em 2008 ganhou status de time profissional, disputando a Segunda Divisão do Campeonato Paraibano, comandado por Tassiano Gadelha, conquistando o título e o acesso para a divisão de elite do futebol do Estado.
No ano seguinte, o Internacional montou uma estrutura a partir da comissão técnica, sendo comandado por Índio Ferreira, comum elenco formado por jogadores de grande nível técnico. Mas, acabou sendo rebaixado para a Segundona.
A partir de então, o time colorado passou a enfrentar uma verdadeira peregrinação saindo de João Pessoa, para representar outras cidades. Inicialmente, a equipe usou como sede a cidade de Santa Rita, treinando no Teixeirão.
A parceria com o empresários da cidade acabou ruindo e o Internacional se transferiu para a cidade de Teixeira, Sertão da Paraíba. Mas, depois de uma temporada o clube abandonou a cidade passando a utilizar outra sede.
Na temporada passada, o Internacional mandou seus jogos no estádio Toscanão, na cidade de Lucena, Litoral paraibano. Mas, curiosamente, a parceria ruiu, outra vez.
Agora, o Internacional adota a cidade de Mamanguape, cidade que também fica na região litorânea da Paraíba. O presidente do colorado é Cristiano Gadelha, irmão de Tassiano Gadelha, o responsável pela profissionalização do clube.
O presidente do Conselho Deliberativo do Internacional, Nildo Morais, “como o o clube não tem torcida, em cidade João Pessoa, a saída foi se mudar para cidades como Teixeira, Santa Rita,Lucena e agora Mamanguape. Todas essas mudanças são devido a sobrevivência para o time participar do Campeonato”.
Além do Internacional outros clubes têm mudado de sedes para buscar apoio em outras cidades. “A maioria dos times que vão disputar a Segunda Divisão, além do Internacional, o Femar, Sport Campina, Miramar, Queimadense tem procurado mandar seus jogos em outras cidades”, disse Nildo Morais.
Segundo Cristiano Gadelha, o clube começa montar o elenco, mas a grande preocupação é definir o comandante técnico. Ele confirmou, no entanto, a participação do preparador físico Berg Queiroz, como um dos componentes da comissão técnica.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.