Notícia esportiva em primeiro lugar!

Túlio Renan é o Treze na Seleção da Série C

trezeO Campeonato Brasileiro da Série C conheceu os seus primeiros classificados para a próxima fase. Pelo Grupo A, o Santa Cruz derrotou o Brasiliense e carimbou a vaga. Já pelo Grupo B, Macaé e Caxias estão confirmados na fase mata a mata do torneio. Na rodada, um dos favoritos ao acesso, o Guarani acabou sendo eliminado precocemente, ao ser derrotado pelo Vila Nova.

O destaque do único time classificado pelo Grupo A, o Santa Cruz, ficou por conta do técnico Vica, o treinador terá o desafio de comandar a Seleção FI da SÉRIE C, que foi montada de forma ofensiva, com apenas um volante de contenção e três meias de ligação, que abastecem os dois artilheiros escolhidos.
Dos times classificados, o zagueiro Renan Fonseca, também do Santa Cruz, e o volante Marcelo, do Macaé, aparecem na Seleção. Os gols ficaram por conta de Marion (Betim) e Túlio Renan (Treze).

Confira a Seleção Futebol interior da 17ª rodada:

 

Adriano (Crac);

Raul Prata (Luverdense), Paulo Sérgio (Sampaio Corrêa), Renan Fonseca (Santa Cruz) e Natanael (Cuiabá);

Marcelo (Macaé), Diego Palhinha (Águia), Washington (Luverdense) e Thiago Marin (Vila Nova);

Marion (Betim) e Túlio Renan (Treze)

Técnico – Vica (Santa Cruz)


Goleiro: Adriano (Crac)

Na briga pelo rebaixamento, Crac e Duque de Caxias se enfrentaram neste sábado e ficaram no 0 a 0. Os destaques da partida foram os goleiros de ambos os times, que brilharam, ao fazerem defesas incríveis. Fernando salvou o Tricolor, mas Adriano foi o responsável por ajudar o Leão a segurar o empate. O arqueiro do clube de Catalão fez duas defesas dificílimas nos minutos finais, virando assim o herói do embate.

 

Lateral-direito: Raul Prata (Luverdense)
Continua se destacando pelo setor no time do mato Grosso, na briga direta por uma vaga na segunda fase da competição. E tudo ficou para a última rodada, porque o Luverdense venceu fora o Baraúnas, por 1 a 0. Agora vai decidir em casa a sua vaga contra o Águia.

Zagueiro: Paulo Sérgio (Sampaio Corrêa)

Foi na raça. O Sampaio conquistou uma boa vitória em cima do CRB por 2 a 1, de virada, com um jogador a menos. Com a expulsão de Mirita, coube à Paulo Sergio chamar a responsabilidade e retrancar o setor defensivo da Bolívia Querida, ao lado de Jonas. O zagueiro não deu chances aos atacantes adversários, que buscaram o empate, mas não conseguiu furar o ferrolho.

Zagueiro: Renan Fonseca (Santa Cruz)
Foi o grande herói da vitória sobre o Brasiliense, que garantiu a classificação do Santa para as quartas-de-final. O defensor marcou o gol que deu a tranquilidade para o time pernambucano, que acabaria marcando mais um gol no final. Além de balançar as redes, o xerifão ainda foi seguro e venceu quase todas as disputas.

 

Lateral-esquerdo: Natanael (Cuiabá)
O empate em 1 a 1 contra o Fortaleza não foi bom para o Cuiabá. O Dourado continua na zona de rebaixamento, mas tem a possibilidade de sair na última rodada quando encara o Brasiliense. Com um esquema com três zagueiros montado por Mazola Júnior, Natanael ficou mais livre para subir ao ataque e fez com eficiência, levando perigo ao adversário. Na marcação, também não comprometeu.


Volante: Marcelo (Macaé)

É o motorzinho do bom time do Macaé. Além de marcar forte no meio-campo, também arrisca suas subidas ao ataque. Foi assim que conseguiu marcar o segundo gol do Macaé na partida, que deu tranquilidade para o time administrar o resultado e comemorar mais uma vitória.

Meia: Diego Palhinha (Águia)
Incontestável. Assim foi o futebol apresentado pelo meia na goleada sobre o Treze por 5 a 2. O jogador, que até então não havia marcado na Série C, desencantou e balançou as redes três vezes com três belos chutes.


Meia: Washington (Luverdense)

Se o Luverdense depende apenas de suas próprias pernas para se classificar, deve muito ao meia Washington. O jogador, sobretudo no primeiro tempo, foi o mais participativo nas jogadas ofensivas. Homem das bolas paradas, ele marcou o gol da vitória que recolocou o LEC no G4.

Meia: Thiago Marin (Vila Nova)
O Vila Nova não fez uma partida brilhante contra o Guarani. Tal fato apenas aumenta a importância do gol anotado pelo talismã do Tigre. Não fosse sua bomba de canhota, que superou o goleiro Thomazella, o Vila poderia ter ficado em situação delicada na luta pelo acesso.

 

 

Atacante: Marion (Betim)
Marion vem sendo o principal jogador do Betim, nas últimas rodadas. Sempre chamando a atenção, chegou no meio da Série C, mas já conquistou seu espaço no time titular. Se continuar jogando assim, pode até levar o Betim mais longe na Série C.

Atacante: Túlio Renan (Treze)
Apesar de não ter conseguido evitar a goleada para o Águia por 5 a 2, o atacante balançou as redes duas vezes. No primeiro, mandou o chute no ângulo do goleiro Jair e no segundo, cobrou pênalti com categoria.

 

Técnico: Vica (Santa Cruz)
No início da Série C, o Santa Cruz estava irreconhecível e chegou a brigar contra a zona de rebaixamento. Porém, há cinco jogos sem derrotas, combinada com a vitória desse domingo contra o Brasiliense, garantiu ao Coral a classificação para a próxima fase da competição, sendo assim o primeiro clube a carimbar a vaga no Grupo A.

O técnico Vica foi fundamental para essa arrancada. O treinador deu a sua cara ao time do Tricolor, que mudou da água para o vinho durante o torneio. No final da partida contra o Jacaré, Vica ficou claramente emocionado com a classificação de seu time.

Deixe um comentário