Aquáticos

Brasil é prata no revezamento do Pentatlo Moderno nos Jogos Mundiais Militares

YaneMarques_FelipeNascimento_PentatloModerno_JMM_PodioDois dias depois de ficar com o quarto lugar na disputa feminina do Pentatlo Moderno na sexta edição dos Jogos Mundiais Militares, em Mungyeong, na Coreia do Sul, Yane Marques voltou à cena no torneio. Desta vez, a pernambucana competiu ao lado do conterâneo Felipe Nascimento no revezamento misto, que encerrou as provas da modalidade na competição neste sábado, 10. E a prova foi muito boa para os brasileiros. Felipe e Yane conquistaram a medalha de prata do evento, que contou com 12 duplas.

Tradicional no Pentatlo Moderno, o revezamento misto é disputado em duplas e os competidores passam por todas as provas, se alternando em cada uma delas com seu par. Os brasileiros, que somaram 1.456 pontos, não conquistaram o ouro por pouco. No último evento, o combinado de tiro a laser e corrida, o Brasil cruzou a linha de chegada apenas 1s depois dos campeões, os poloneses
Oktawia Novacka e Jaroslaw Swiderski, que alcançaram 1.457 pontos. O bronze foi para os lituanos Karolina Guzauskaite e Justinas Kinderis (1.438).

Na primeira prova do dia, a natação, a dupla brasileira fez o melhor tempo, 1min56s90, conquistando 350 pontos. Na esgrima, eles tiveram o quarto melhor desempenho após 24 vitórias na luta com a espada (217). No hipismo, foram o oitavo nos saltos com o cavalo (293); e no combinado, terminaram as quatro séries no terceiro melhor tempo, 11min44s38 (596).

Essa foi a primeira participação de Felipe Nascimento nos Jogos Mundiais Militares. O jovem de apenas 22 anos de idade foi revelado no PentaJovem, projeto que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) mantém no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Pernambuco para a descoberta e formação de novos nomes na modalidade. Ele também faz parte do Programa de Alto Rendimento da Força Aérea Brasileira como Terceiro Sargento da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA).

Tanto Felipe quanto Yane recebem a Bolsa Atleta do Ministério do Esporte, ela, inclusive, na modalidade Bolsa Pódio. Os dois também recebem a Bolsa Atleta do Governo do Estado de Pernambuco. A pentatleta ainda faz parte do Programa de Alto Rendimento do Exército Brasileiro como Terceiro Sargento da Comissão de Desportos do Exército (CDE) e integra o Time Brasil, do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Polônia no topo

Com o fim das disputas do Pentatlo Moderno nos Jogos Mundiais Militares, a Polônia deixa a competição liderando o quadro geral de medalhas da modalidade com dois ouros (revezamento e disputa individual feminina com Oktawia Novacka). A Rússia ficou em segundo com um ouro (equipe masculina) e duas pratas (Ekaterina Khuraskina no individual feminino e equipe feminina). A China foi a terceira com um ouro (equipe feminina) e um bronze (individual feminina com Wei Wang). A Coreia do Sul foi a quarta com um ouro (individual masculina com Dong-soo Park); o Egito o sexto com uma prata (equipe masculina) e um bronze (individual masculino com Amro El Geziry); e o Brasil ficou em sétimo com a prata deste sábado.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.