Arte marcial

Brasil leva 11 judocas para primeiro evento internacional do ano

Brenda está ajoelhada, de quimono branco, tentando derrubar Karol Porto durante o Grand Prix em SP. Foto: Taba Benedicto / CPB.

A Seleção Brasileira de judô paralímpico vai competir com 11 atletas no evento que abre oficialmente a temporada internacional da modalidade, o Grand Prix de Antalaya, na Turquia. O torneio será disputado nos dias 23 e 24 de abril e será o primeiro dos três programados pela IBSA (sigla em inglês para Federação Internacional de Esportes para Cegos) para 2022.

Vale lembrar que o ano reserva ainda um Grand Prix em Nur-Sultan, no Cazaquistão, em maio, e outro inédito em São Paulo, no fim de junho.

A delegação brasileira contará com nomes já tradicionais, como o da campeã paralímpica e mundial Alana Maldonado, com outros que não vinham sendo frequentes no ciclo de Tóquio 2020. Confira, então, a lista de convocados:

NOME CATEGORIA

CLUBE

ROSICLEIDE SILVA DE ANDRADE

48 kg / J1

ADEVIRN/RN

LÚCIA DA SILVA TEIXEIRA ARAÚJO

57 kg / J2

ITC/SP

BRENDA SOUZA DE FREITAS

70 kg / J1

CEIBC/RJ

ALANA MARTINS MALDONADO

70 kg / J2

AMEI/SP

REBECA DE SOUZA SILVA

+70 kg / J2

AMEI/SP

ROBERTO NUNES DA PAIXÃO

60 kg / J1

URECE/RJ

THIEGO MARQUES DA SILVA

60 kg / J2

AEPA/PA

RAYFRAN MESQUITA PONTES

73 kg / J1

ICEMAT/MT

ARTHUR CAVALCANTE DA SILVA

90 kg / J1

ICEMAT/MT

DIEGO DE JESUS SILVA

+90 kg / J2

ADEVIBEL/MG

WILIANS SILVA DE ARAÚJO

+90 kg / J1

CEIBC/RJ

As etapas do Grand Prix são importantes porque valem pontos no ranking mundial. É baseado neste ranking que se define os classificados para os Jogos Paralímpicos. Neste ciclo de Paris 2024, os atletas estão se adequando às novas regras implementadas na modalidade, outra razão para a presença de judocas novatos ou com menos experiência na Seleção.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.