Aquáticos

Brasil terá 4 representantes no Torneio Internacional de Pentatlo Moderno de Budapeste

O Brasil estará presente no pontapé inicial do Pentatlo Moderno para a temporada mundial de 2016 da modalidade. É que a partir desta quinta-feira, 21, o país estará presente na abertura do Torneio Internacional de Budapeste. Até domingo, 24, pentatletas de vários países vão se reunir na capital da Hungria e os brasileiros Danilo Fagundes, Enrico Ortolani, Felipe Nascimento e William Muinhos estarão lá.
 
O objetivo da grande maioria dos competidores que vão ao país europeu é o mesmo: conseguir valiosos pontos no ranking mundial que distribuirá as últimas vagas do Pentatlo Moderno para Rio 2016. Como o Brasil ainda não definiu nenhum de seus representantes para o evento masculino dos Jogos, a disputa entre os brasileiros para garantir a vaga que o país tem direito é grande. “O objetivo é pegar ritmo de competição e somar pontos no ranking mundial”, confirma Felipe Nascimento.
 
Líder do ranking nacional, o pernambucano de 22 anos vem participando de vários torneios internacionais para se aperfeiçoar e se manter bem colocado no ranking da União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM), além da relação dos melhores do país. “Estou fazendo um bom trabalho desde as ultimas duas competições em Portugal e França”, ele relembra as disputas que enfrentou no fim de 2015. “Espero fazer o meu melhor e ter uma boa competição”, Felipe conta.
 
Toda a delegação brasileira que vai competir em Budapeste viaja nesta quarta, 20. E se Felipe diz claramente que seu objetivo é somar pontos ao ranking mundial, Danilo Fagundes vai competir pensando em outra coisa. “Tenho um objetivo desafiador, mas por hora só quero competir bem”
 
O carioca de 27 anos também esteve nos torneios de Portugal e França no fim do ano passado. Vice-líder do ranking nacional, na cola de Felipe, Danilo espera que a temporada seja a melhor possível. “Estou preparado desde o ano passado. Tivemos um descanso ativo para festas de fim de ano, mas já estou bem”, ele conta.
 
Dos quatro brasileiros que vão competir no Torneio de Budapeste, dois foram revelados no PentaJovem, projeto que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) realiza no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Pernambuco para a descoberta e formação de novos talentos na modalidade. Todos recebem o benefício da Bolsa Atleta, do Ministério do Esporte. William e Felipe ainda integram a Força Aérea Brasileira (FAB) como Terceiro Sargento da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA). 
 
BUDAPESTE INDOOR 2016
 
21 de janeiro (quinta) – Qualificação feminina
22 de janeiro (sexta) – Qualificação masculina
23 de janeiro (sábado) – Final feminina
24 de janeiro (domingo) – Final masculina
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.