Futebol

Hélio Cabral deixa Campinense

O Hélio Cabral deixa Campinense. Ele foi procurado pela diretoria e fez acordo, para deixar o comando do time. Hélio foi convidado para voltar a ser auxiliar, mas aceitou.

“Futebol vive de resultado. Fez minha parte, mas o resultado não veio. Falta apenas duas partida e não sei alguma coisa ainda pode mudar. Agradeço ao Campinense”, disse Hélio Cabral.

Hélio Cabral que era auxiliar foi promovido para treinador, na saída de Givanildo Oliveira. A diretoria pediu para ele continuar, mas ele preferiu deixar o clube, alegando que tem outros projetos.

Hélio Cabral foi sexto técnico do Campinense este ano. Antes passaram Oliveira Canindé, Rui Scarpino, Evandro Guimarães, Ney Junior, Givanildo Sales.

Oliveira Canindé – Dispensado durante a paralisação 

Ruy Scarpino – Anunciado na paralisação, não chegou a assumir 

Evandro Guimarães – Assumiu no pós paralisação e deixou o cargo uma semana depois 

Nei Júnior – Auxiliar de Ruy, contratado pós-paralisação e dispensado 4 dias depois 

Givanildo Sales – contratado para a Série D 

Hélio Cabral – promovido para a Série D 

A diretoria do Campinense divulgou comunicado confirmando a informações adiantada pelo soesporte.com.br

COMUNICADO

O Campinense comunica que o técnico Hélio Cabral não seguirá no comando da equipe para a sequência do Campeonato Brasileiro Série D.

Hélio comandou a equipe rubro-negra em 5 partidas nessa série D, somando duas vitórias, um empate e duas derrotas.

O nome do novo técnico será divulgado ainda nesta segunda-feira (16). Segundo nota da Ascom.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.