Futebol

Jogador de Campina Grande Thaciano fala da experiência de jogar na Europa e do sonho de ser convocado para a Seleção Brasileira

Jogador de Campina Grande Thaciano fala da experiência de jogar na Europa e do sonho de ser convocado para a Seleção Brasileira

Mais uma joia de Campina Grande, “lapidada” na Vila Belmiro, e que tem brilhado nos gramados da Europa. Após disputar uma temporada no futebol europeu, o meia paraibano Thaciano, está de volta ao Brasil, e deve ser reincorporado ao Grêmio. Para retornar ao clube Gaúcho, Thaciano pediu uma renovação contratual, estendendo o vínculo que hoje vai até 2023.

De férias em sua cidade natal, Thaciano conversou com exclusividade com o Sóesporte, onde falou de sua experiência vestindo a camisa do  Altay Kulubu Sports  da Turquia; dos jogos difíceis da temporada, bem como, das dificuldades de adaptação com a língua, e do sonho de vestir a camisa da seleção brasileira.

Sobre o frio europeu, o jogador campinense disse que não teve muita dificuldade de adaptação, visto que disputou três temporadas no Rio Grande do Sul, pelo Grêmio, onde conviveu com temperaturas baixas. O maior problema foi no idioma, o que ele superou com ajuda de outros brasileiros.

Thaciano avaliou que a sua passagem Europa foi proveitosa e retorna ao Brasil bem mais experiente. Ele revelou que o campeonato europeu é difícil, duro e exige muito do atleta. Embora oAltay Kulubu não tenha obtido êxito na temporada, visto que foi rebaixado, Thaciano fez a sua parte. Em 29 jogos, ele marcou três gols e deu diversas assistências.

“Foi uma experiência gratificante. Valeu apena. Agora vou me reapresentar ao Grêmio, e definir o meu futuro” disse o jogador.

Sobre o sonho de disputar a Copa do Mundo, Thaciano disse que como jogador, sempre almejou um dia ser convocado para a Seleção Brasileira, e espera ainda realizar esse sonho, seja na era Tite ou com outro treinador. O jogador elogiou o atual elenco da Seleção e disse que acredita na conquista do Hexa.

Mesmo com o rebaixamento, o rendimento de Thaciano foi elogiado na Turquia. O jogador, que recebeu até mesmo faixas dos torcedores pelo empenho, foi um dos destaques da equipe nas 29 partidas que disputou.

Satisfeito com o rendimento de Thaciano, o próprio Altay Sports tentou renovar o contrato com o meia, o que não foi possível devido as questões financeiras do clube. Para ter o jogador em definitivo, o clube turco teria que desembolsar cerca de 2 milhões de euros, aproximadamente R$ 10,9 milhões por 60% do passe.

Na segunda quinzena deste mês, o estafe do profissional viajará até a Turquia para tentar definir o futuro. Independentemente do retorno, a janela de transferências para o Brasil será reaberta somente em 18 de julho. Logo, o meio-campista somente poderá retornar à Arena no segundo semestre para atuar no returno da segunda divisão.

Na entrevista Thaciano  reafirmou que sempre sonhou em se tornar jogador de futebol, mas não esperava uma ascensão tão rápida. E não esqueceu de agradecer aos pais, amigos e a avó Luzinete, que sempre o apoiaram.

“Eu sempre botei que minha cabeça o trabalho. Fui trabalhando e conquistando as minhas coisas, sem dar passos largos. Agora estou tendo uma grande oportunidade com uma grande camisa, e espero fazer bem o meu papel” destacou.

Formado na base do Porto-PE e com rápida passagem pela Santos em 2016, quando não foi aproveitado,Thaciano se destacou em 2016 pelo Boa Esporte, onde marcou 10 gols em 27 jogos, se consagrou como artilheiro do clube mineiro na Série B do Campeonato Brasileiro. Em 2018, Thaciano foi contratado pelo Grêmio, e disputou o Campeonato Brasileiro, Campeonato Gaúcho, Copa do Brasil e do Copa Libertadores.

Em três anos pelo Tricolor Gaúcho, o meia entrou em campo 112 vezes e anotou 11 gols. Sob comando de Renato Portaluppi, atuou como meia, volante, ponta direita e até lateral.

Após deixar o Grêmio, Thaciano assinou com o Bahia, onde conquistou a Copa do Nordeste 2021. Pelo Bahia, o jogador de Campina Grande disputou 26 jogos, com cinco gols marcados. Depois, o  Bahia oficializou a transferência do meia Thaciano para o Altay Kulubu, da Turquia.

Para tentar manter o jogador, o Bahia chegou a cobrir a oferta feita pelo clube turco ao Grêmio, porém o valor do salário oferecido ao jogador era o dobro do pago pelo Tricolor, o que inviabilizou a permanência.

“Ao longo dos últimos anos, venho sendo um cara muito versátil. Me sinto muito bem no meio, ataque, de segundo volante, com a chegada na área, onde eu gosto sempre de pisar. Essas são algumas das minhas características” destacou. (Severino Lopes)

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.