FutSal

LNF: Jaraguá Futsal, do goleiro paraibano João Neto, começa decisão de semifinal neste sábado (16)

foto: lnf

Com lugar assegurado entre os quatro melhores colocados da Liga Nacional após eliminar o Tubarão no último domingo (10), o Jaraguá Futsal recomeça a escrever sua história vencedora no torneio, o qual ostenta quatro títulos.

Chegar a semifinal da competição encerra o jejum angustiante de um clube acostumado a grandes conquistas, mas que não alcançava o feito há cinco anos.

Foi em 2014 quando o torcedor jaraguense viu um time sem estrelas, mas com um coletivo fora de série, atingir à semi da LNF com a melhor campanha do clube na atual década.

Sob o comando de Sergio Lacerda, curiosamente, o atual treinador do Pato – adversário na briga por uma vaga na final desta edição, o elenco que trazia nomes como Baranha, Diego Menezes, Dian, Oitomeia, Caio, Vitor Hugo, Keko, Pepita, Di Maria e Nenê levou o aurinegro à liderança isolada na primeira fase.

Em 18 jogos disputados, foram incríveis 15 vitórias, dois empates e apenas uma derrota – justamente para o Corinthians do

Goleiro paraibano João Neto

técnico Lucas Chioro e fixo Fernando, hoje no Jaraguá -, além de ter o melhor ataque (75 gols) e melhor defesa (34).

Uma trajetória bem distinta em comparação à 2019, em que a equipe passou por mudança de técnico, com Lucas Chioro substituindo Ferretti, e chegou a figurar na lanterna, buscando a classificação ao mata-mata com quatro vitórias nas últimas rodadas.

Se na atual temporada, o time cresceu e mostrou maturidade nos momentos mais decisivos, em 2014, a regularidade se manteve durante todo campeonato.

Após uma fase de classificação impecável, o Jaraguá somou três vitórias, dois empates e uma derrota na segunda fase, formada por quatro grupos na época. Só depois destas seis partidas veio o mata-mata, que iniciou com uma classificação histórica sobre o maior rival Joinville, vencendo o jogo de volta das quartas de final por 4 a 0, em uma Arena lotada.

O duelo de volta será realizado no dia 23, às 11h, em Pato Branco (PR). Quem avançar pega Joinville ou Magnus na grande final da competição.

ligafutsal

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.