Futebol

Morre Gersal Freire

Como estagiário o repórter Gersal Freire deu os primeiros passos na Rádio Tabajara. Ele era repórter no programa Tabajara Esportes Show, sempre focalizando o esporte amador. Hoje, a equipe do soesporte publica como muita tristeza a morte do companheiro.

A Federação Paraibana de Futebol expressa a mais sinceras condolências pelo falecimento do jornalista, Gersal Freire, na manhã de hoje (6). Gersal Freire tinha 61 anos, era natural da cidade de Floriano no estado do Piaui e com uma longa experiência na radiofonia esportiva paraibana, passou pela Sanhauá, Correio e Tabajara, e estava desde 2018 atuando como repórter esportivo na rádio CBN.

E como atleta, Gersal, foi campeão do Kashima em 2003

Querido por todos da imprensa esportiva, foi um grande profissional e ser humano. Sua falta já é sentida por todos aqueles que lhe conhecia. Neste momento de profunda dor, a Presidente, Michelle Ramalho, externa seus sentimentos.
“Nossos sentimentos à família, aos amigos e a todos que compartilham a memória do Senhor, Gersal Freire, grande profissional que tanto contribuiu com a história do futebol paraibano”.

O que os amigos falam sobre Gersal Freire

Alan Mendonça
“Uma perca sem tamanho para o futebol amador de nossa cidade. Que Deus dê conforto a toda família e amigos. Que Deus o coloque onde ele merece, nós melhores e entre os melhores. Vai com Deus Geral”.
Jonatas Rodrigues está se sentindo triste.
“Vai na paz Argentino,toda nossas consolações de amigo e familiares”.

Clodoaldo Oliveira
“Meu Deus que notícia triste nosso querido amigo Gersal Freire NOIS deixou não é fácil não. Estou abalado vai meu conforto a família. Perdeu a crônica esportiva um grande Reporte esportivo que amava o que fazia…..”

Jorge Claudio
“Assim que vamos nos lembrar de você meu amigo Gersal Freire , fazendo o que amava que era ajudar os Clubes Amadores e Projetos Sociais a serem reconhecidos na Mídia Paraibana e nas Redes Sociais, você ajudou muitos Atletas a se tornarem Profissionais através do seu Site Amador do Futebol”.

Rozario Nercy Souza
“Descanse em paz meu amigo. Guardarei sempre boas lembranças de você como vizinho e amigo. Você fez parte da minha história aqui no Tancredo Neves- Teresina- Piauí . Descanse em paz. Meus sentimentos a toda família”.
Paulo Roberto
“Tou muito triste se foi meu amigo. Meu Deus nao tenho palavra mais Deus sabe todas coizas adeus meu amigo jesus te receba em sua morada”.

Junior Mandacaru
“Você foi um cara que sempre mim acompanhou sempre falando bem do meu futebol mim levantando meu amigo você é um cara nota mil Deus vai te receber de braços aberto aí você é um homem de luz muito triste com sua partida meu amigo você sempre será lembrado por mim”.

Jean Pierre Lobo
“Grande amigo e irmão e ex atleta e ser humano fantástico… Gersal Freire… saudades…”

Brunno Telino
“Um Dos momentos incríveis que pude dividir com você meu amigo, um grande homem, incentivador do futebol não só profissional, mas também amador. Lembro me bem de quando chegava no campo e eu ia jogar, era aquela resenha. E você sempre tão alegre. Fico triste por perder um amigo, mas Deus sabe de todas as coisas. Que ele te coloque em um bom lugar. Tamu Junto Sempre meu amigo”.

Ilomar Araújo
“Pêsames!!! Palavra difícil de se pronunciar em qualquer circunstâncias da vida.
E fica muito mais difícil quando temos que pronuncia-la para expressar nossos sentimentos por pessoa tão especial.
O esporte é sobre tudo o amadorismo da Paraiba, perde um dos grandes profissionais!!!.Que Deus na sua infinita grandeza possa te receber de braços abertos.
Aos amigos e toda família os meus sinceros sentimentos”.

Tony José
“Meu Deus que notícia triste, nosso querido amigo Gersal Freire nos deixou.Ta difícil acreditar! tive o prazer de trabalharmos juntos, aprendi muito com ele fazer reportagens esportivas, um grande profissional e um grande ser humano acima de tudo que se vai. Você foi guerreiro más infelizmente não conseguiu vencer esse maldito vírus, Descanse em paz amigo! que Deus conforte o coração dos seus amigos e familiares”.

Marcos Siqueira
“Perdemos hoje mais um profissional da crônica esportiva paraibana. Dessa vez a Covid-19 levou nosso colega de @cbnparaiba Gersal Freire.
Descanso eterno dai-lhe Senhor, a Luz Perpétua e o Esplendor. Descanse em paz”,

Stefano Wanderley
“E a Covid levou mais um grande amigo. O que me deixa triste é que isso foi antes mesmo de poder realizar seu sonho, que era assistir a um jogo da seleção da Argentina, que sempre que eu ia a um evento de porte internacional ele dizia: “Não se esqueça da minha lembrança de algo da minha seleção favorita”.E em 2018 eis que trouxe uma de Di Maria 11. Vá em paz, Gersal”

Julio Cezar Garcia está com Jorge Blau Silva e

Infelizmente perdemos mais um amigo Cronista Esportivo para este vírus maldito.
“Há poucos dias perdemos Glaucio Lima.
Hoje, perdemos Gersal Freire.
Assim como Glaucio, Gersal foi contemporâneo no início de nossa carreira no Rádio Esportivo.
Como na partida de Gláucio, sinto também um profundo sentimento de pesar por sua partida, Gersal.
Ficam as lembranças das viagens e das grandes jornadas esportivas ao lado deste profissional competente e comprometido em dar sempre o seu melhor em nome do jornalismo esportivo.
Uno-me à dor dos familiares, amigos e companheiros daquele que será sempre uma referência na Crônica Esportiva para as futuras gerações.
Amigo Gersal, agora, ao lado de Glaucio Lima, comande esse primeiro tempo desta grande Jornada Esportiva nos gramados celestiais.
“Olho Vivo”, tá chegando aí no céu mais um campeão de audiência para a Equipe Esportiva Celestial. Cuida bem dele!”
Júlio Cezar Garcia
Narrador Esportivo

Lula Barbosa
“Lamentável perder mais um colega da Imprensa para Covid19. Gersal Freire uma pessoa do bem e um grande profissional na Crónica Esportiva. Sentimentos a família.”

Expedito Madruga está em CBN João Pessoa.
“Mais um amigo que se vai…
Mais uma guerra perdida para esse vírus devastador.
Gersal Freire, em especial, era uma daquelas almas que a gente agradece aos céus por ter conhecido. No meu caso, sinto-me priviegiado por cultivar essa amizade há quase de 30 anos
Faltam palavras para descrever quem foi Gersal. O cara apaixonado pelo esporte amador, ou aquele que adorava o contraditório. A gente se divertia nas eleições de melhor em campo onde ele, invariavelmente, votava em alguém do time derrotado e impedia a unanimidade.
Ou aquele que torcia para a Argentina e defendia com fé o futebol dos hermanos. “Mas nós temos cinco Copas e vocês só duas”. E ele rebatia de pronto: “E desde quando Copa mede alguma coisa”.
Gersal era o menino que cresceu demais. Ou o adulto que era uma eterna criança. O fato é que a idade cronológica não serve para medi-lo. Melhor entendê-lo com o coração. E isso o nosso amigo tinha de sobra.
Como disse o grande parceiro Décio Freire, “quem é que vamos pegar no pé agora nas transmissões?”. Pois é, meu camarada, você vai fazer falta.
Vá em paz, Gersal. Descanse dessa missão terrena. E continue olhando por todos nós aí de cima.
Um abraço de sua legião de fãs.”

Edônio Alves
“Muiti triste, esse absurdo de todos os dias! Que o nosso amigo descanse em paz!”

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.