Futebol

Paraibano se destaca no futebol gaúcho

Por trás da figura tímida e humilde de Isaias Moreno da Silva há uma história de volta por cima e superação. Antes de se transformar em xodó da torcida do Aimoré e ser o melhor em campo no Clássico do Vale 94, com gol e assistência, o atacante paraibano de 28 anos chegou a largar o futebol.

“Foi em 2016. Parei, não quis jogar mais bola. Não estava dando mais certo. Meu filho tinha nascido, eu estava com dificuldades. Estava trabalhando em uma empresa de cachaça. Um clube foi atrás de mim, falei que não queria jogar mais. Mas o dono da empresa mandou eu ir”. Esse “empurrão” foi fundamental na vida de Isaias. Em 2017, atuando por Auto Clube, Sousa e São Paulo Crystal, foi vice-artilheiro do futebol paraibano, com 16 gols em 30 jogos. Assim surgiu o apelido “Zazagol”.

Mesmo com o pequeno hiato na carreira, o futebol sempre foi uma paixão para Isaias. Desde a infância, nas ruas de Sapé, a 42 quilômetros de João Pessoa. “Jogava descalço, arrancava o tampão do dedo”, lembra rindo. Os dribles em espaços curtos que a torcida aimoresista se acostumou a ver, levando a bola de um pé para o outro, também têm origem no interior paraibano. “Comecei também jogando futsal, os campeonatos de bairro. Gosto muito, os dribles curtos levo para o campo”, explica.

O semblante tranquilo de Isaias muda para tons mais emotivos quando o assunto é sua mãe, dona Lúcia. “É minha rainha. Ligo duas a três vezes no dia para ela. Ela fala que fica com o coração na mão quando estou jogando. Tudo que estou passando hoje dedico a ela. Quando desanimo, ela fala ‘vai por esse caminho que é certo. Não desanime, estou com você'”. Por enquanto, Dona Lúcia segue no nordeste, mas Zazá trouxe para cá as outras duas pessoas mais importantes na sua vida: Isaac e Aryane. “Meu filho e minha esposa estão aqui em São Leopoldo. Trouxe eles agora para conhecer. Fico muito feliz, minha esposa também gostou muito. Muito bom aqui em São Leopoldo e no Rio Grande do Sul”.

Ainda que tenha contrato só até o final do Gauchão, Isaias garante que o desejo é de permanecer para a Série D do Campeonato Brasileiro. Para alegria da torcida aimoresista, que desde o inicio do Gauchão vinha pedindo a titularidade do atacante, e mandou diversas mensagens felicitando-o pelo gol no Clássico do Vale. “Fico feliz pelo carinho que os torcedores têm por mim. Quando me vêem na rua, vêm falar comigo, falam Zazagol, pedem para tirar foto. Para mim é um orgulho, para quem saiu do nada e agora está conquistando o coração da galera”.

Foto: Fernando Campos/CE Aimoré

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.