Futebol

STJD livra Jó Boy de punição por unanimidade

O Campeonato Paraibano nem voltou ainda e o Sousa já comemora uma vitória. E com sabor de três pontos. Foi assim que o presidente do clube, Aldeone Abrantes, recebeu o resultado do julgamento do atacante Jó Boy pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF. reconheceu a decisão tomada na primeira instância.

Com isso, o Sousa ficou livre do risco de seis pontos, como era o objetivo do Nacional de Patos. O atacante Jó Boy estava sendo acusado de ter jogado de maneira irregular, no Campeonato Paraibano de 2020. Ele foi julgado no ano passado e pegou uma partida de suspensão, mas não chegou a cumprir a punição.

Ao ser julgado na primeira instância no Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba, o atacante alegou que não foi comunicado para se defender das denúncias. Com isso, o TJDF-PB reconhece a falta de defesa ampla.

O caso foi encaminhado ao STJD da CBF que fez novo julgamento, nesta terça-feira e manteve o resultado aplicado pela justiça desportiva da Paraíba. Com isso, o jogador Jó Boy deve voltar a ser julgado em primeira instância.

“O jogador Jó Boy estava fundamentado. Por isso, ele foi buscar seus direitos, conseguindo no Tribunal da Paraíba e resultado mantido no STJD”, disse o presidente do Sousa, Aldeone Abrantes. O advogado do atacante é Michel Assef, do Rio de Janeiro.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.