Notícia esportiva em primeiro lugar!

RONDONIENSE CONQUISTA OURO NO CICLISMO E DEDICA TÍTULO AO PAI

Vitor Eduardo Prado venceu o contrarrelógio. Técnico de Sergipe, Wagner Facion, coloca mais um pupilo no pódioo

Washington Alves/Exemplus/COB

13/09/2017 16:02

Quarto colocado no ano passado, o jovem Vitor Eduardo Prado conquistou nesta quarta-feira, dia 13, a medalha de ouro na prova de contrarrelógio dos Jogos Escolares disputada no velódromo de Curitiba (PR). Aluno do Colégio Dinâmico, de Ariquemes, de Rondônia, o jovem superou 36 ciclistas e marcou o tempo de 38s927. A medalha de prata ficou Marcelo Elias (38s938), campeão brasileiro na prova de estrada e irmão de Bruna Elias, tetracampeã brasileira no mountain bike.

O jovem atleta dedicou a medalha ao pai, Reginaldo Rodrigues, falecido ano passado. “Ele me incentivava bastante, me deu uma bicicleta há três anos, me levava aos campeonatos e hoje infelizmente não está mais comigo. Eu continuo me dedicando ao máximo porque sei que ele está do meu lado. Dedico essa vitória a ele”, disse o jovem de apenas 13 anos. Além do ciclismo, Vítor já competiu no karatê, modalidade na qual conquistou o bronze no Mundial Infantil da Sérvia, em 2012.

Kaik Alessandro Feitosa, do Colégio estadual Professor Joaquim Vieira Sobral, ficou com a medalha de bronze. Kaik estuda no mesmo colégio dos irmãos Breno e Brendo Morais, campeões em edições anteriores dos Jogos Escolares e que também foram descobertos pelo técnico de Sergipe, Wagner Facion.

“Quando eu vi que o Kaik tinha potencial visitei a casa dele, conversei com os pais e os convenci a treinar, mostrei os benefícios da prática esportiva e agora ele está aqui, disputando um campeonato nacional e subindo ao pódio. Ele começou com uma bicicleta emprestada, mas agora já tem um equipamento bom para competição e quem sabe ele não alcance vôos maiores”, disse Wagner.

JUDOCA PERNAMBUCANA VENCE ALGOZ DE 2016 E SOBE NO ALTO DO PÓDIO

Após ser derrotada pela capixaba Samanta Rodrigues em 2016, Ana Lívia Araújo conquista medalha de ouro

Washington Alves/Exemplus/COB

13/09/2017 15:10

A última judoca de Pernambuco a disputar os Jogos Olímpicos foi Jemima Alves, em Barcelona 1992. Mas a jovem Ana Lívia Araújo promete mudar essa estatística. A atleta de 14 anos do Colégio Evolução, de Jaboatão dos Guararapes (PE), conquistou a medalha de ouro dos Jogos Escolares, na categoria meio pesado (até 64kg), nesta quarta-feira, dia 13, no ginásio do Colégio Medianeira, em Curitiba (PR).

Para conquistar o título, Ana Lívia teve que superar a sua algoz no ano passado, a capixaba Samanta Rodrigues. “Perdi para ela em 2016. Nesse ano nos enfrentamos novamente nas semifinais e dessa vez eu venci. Essa era a única medalha que me faltava. Foi a realização de um sonho. Treinei muito para estar aqui e deu tudo certo. Meu estado não tem muita tradição no judô e agora eu conquistei uma medalha de ouro para o judô pernambucano”, afirmou, emocionada, logo após receber a medalha dourada no pódio.

Ana Lívia havia vencido todos os combates por ippon, até encarar a jovem Amanda Pereira, de Rondônia. Em luta duríssima, decidida no golden score, Ana Lívia levou a melhor após a adversária sofrer uma punição.

“Foi sem dúvida a luta mais difícil, decidida nos detalhes”, disse Ana Lívia, que recebeu a medalha de ouro das mãos do Embaixador do judô, o medalhista olímpico Tiago Camilo. “Os Jogos Escolares são uma competição bem legal. Conheci várias pessoas, de vários estados e que praticam outros esportes. Estou amando”.

Deixe um comentário