Aquáticos

Ana Marcela é penta nos 25km e se torna a maior medalhista da história

Ana Marcela Cunha é penta nos 25km Imagem: CBDA/Divulgação

Ana Marcela Cunha igualou-se hoje (30) à holandesa Edith van Dijk como maior medalhista mulher da história das provas de águas abertas em Campeonatos Mundiais. A brasileira alcançou sua 15ª medalha ao faturar a quinta de ouro na prova de 25 quilômetros, a mais longa do programa.

Agora ela é pentacampeã. A baiana, que já havia vencido a prova de 25km nos Mundiais de Esportes Aquáticos de Xangai, em 2011, de Kazan, em 2015, de Budapeste, em 2017, e de Gwangju, em 2019, repetiu o feito na capital da Hungria.

O ouro é o segundo dela neste Mundial em Budapeste, já que ela também já havia vencido nos 5km, faturando o bicampeonato. Somando com o bronze nos 10km, esta é a melhor campanha.

A vitória desta quinta-feira, porém, teve uma dificuldade extra, porque a prova foi disputada um dia depois dos 10 quilômetros, que foi ontem. Normalmente o programa prevê cinco dias de descanso entre uma prova e outra, com o revezamento 4×1,25km no meio.

Em Budapeste a prova por equipes foi a primeira a ser disputada, sem a presença de Ana Marcela. “Até o final tentei manter o máximo de técnica possível para eu não sentir tanta dor como eu estava sentindo ontem. Tentei economizar energia e o querer faz muita diferença, e o que eu já vivi. Pouca gente sabe o que é estar fora de uma Olimpíada, não nadar tão bem dentro de casa, e saber dar a volta por cima. Ao longo dos meus 16 anos”.

Com informações do Uol

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.