Futebol

Douglas Costa não é mais jogador do Grêmio

Douglas Costa não é mais jogador do Grêmio

Na tarde de hoje (21) Grêmio e Douglas Costa chegaram a um acordo para rescisão
de contrato. O atleta informou ao clube que teria interesse de facilitar as conversas
para equalizar sua situação financeira, e o acordo foi alcançado.

Essa já era a segunda passagem de Douglas Costa pelo Grêmio. Agora, Clube e
jogador ainda acertam detalhes burocráticos de uma rescisão de contrato, mas o
meia-atacante já deixou a concentração e a pré-temporada do time e se prepara
para assinar o fim do vínculo. Oito meses após voltar da Europa, ele sai de Porto
Alegre por conta do contrato com um dos maiores salários do elenco e adicionais. A
tendência é que o camisa 10 assine com o Los Angeles Galaxy, dos Estados

Unidos. Já que, o camisa 10 já deixou a concentração do Grêmio em Porto Alegre,
em meio a pré-temporada. E, o Los Angeles Galaxy é o principal interessado no
jogador. Ao que tudo indica, seu novo destino deve ser a Major League Soccer
(MLS), a liga dos Estados Unidos.

Em maio, quando a contratação de Douglas Costa foi anunciada pelo Grêmio, se
imaginava que sua chegada daria ao torcedor motivos para sorrir. Poucos meses
depois, restaram razões para lamentar. Em uma passagem de poucos gols e muitas
polêmicas.
Para o torcedor do Grêmio, ficou a decepção de ver mais um grande investimento
não gerar resultado dentro de campo. Douglas Costa tinha salário fixo de cerca de
R$ 800 mil, com gatilhos de desempenho que poderiam elevar o rendimento a R$
1,5 milhão. Além disso, o contrato prevê pagamento de luvas a cada seis meses.
Em fevereiro de 2022, o Grêmio deveria pagar cerca de R$ 2,5 milhões ao camisa
10.
Para a direção, de certo modo, fica um alívio de ver o problema minimizado, já que
o alto custo seria um peso para a temporada 2022.
Os números refletem os motivos da decepção do torcedor. Em 28 jogos, foram
somente três gols. As duas assistências realizadas não ajudam a engordar a conta.
Acontece que, os dribles foram raros. As assistências, escassas. Aquela jogada
característica, de cortar para dentro e chutar, pouco surtiu efeito. Sendo assim, o
camisa 10 não teve forças para evitar o rebaixamento gremista.

Do episódio melancólico que foi a passagem de Douglas Costa no clube que ele diz
ser do seu coração, não restará à torcida qualquer saudade. Ele se machucou
muito, o que não é sua responsabilidade, e pouquíssimo entregou quando esteve
em campo.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.