Futebol

Falta apoio com a mesma medida

João Pessoa é uma das poucas capitais do Brasil, e uma das poucas grandes cidades do País que não tem um clássico, no futebol. Com isso, não existe rivalidade entre os clubes.

Até os anos 1990, o Auto Esporte fazia páreo com o Botafogo. Nesta época é tradicional o Botauto, criado pelo companheiro radialista Marcos Aurélio, que foi narrador da Tabajara.

Depois disso, o Auto Esporte perdeu sua estabilidade, principalmente, com saídas de duas administrações de pessoas como Severino Paiva, Haroldo Navarro, Evandro Lelis, João Máximo e tantos outros.

Além disso, os governos, especialmente, prefeitos de João Pessoa, sempre negaram o apoio, com a mesma força de igualdade para o time do povo.

Aqui fica o alerta para o futebol de Campina Grande, que sempre mostrou sua pujança no Clássico dos Maiorais. As autoridades políticas e empresariais deram apoio a Treze e Campinense.

Mas nos últimos anos isso não tem acontecido. Muitas vezes, apenas um lado tem recebido o ouro. Por isso, o povo de Campina Grande, independente da política e das cores dos clubes, precisa apoiar Galo e Raposa, com a mesma medida.

Por Franco Ferreira

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.