Futebol

Supercopa da Espanha: Marcelo, o primeiro brasileiro a erguer o troféu com a braçadeira na história do Real Madrid

Supercopa da Espanha: Marcelo, o primeiro brasileiro a erguer o
troféu com a braçadeira na história do Real Madrid

Neste domingo (16/01/2022), em Riad, na Arábia Saudita, o lateral-esquerdo
brasileiro, Marcelo, conquistou seu 23º título oficial pelo clube Real Madrid, um
recorde histórico.

O time de Carlo Ancelotti derrotou o Athletic Bilbao por 2 a 0, com gols de Modric e
Benzema. Os merengues dominaram a partida do início ao fim. Agora, o clube da
capital soma 12 taças do torneio, uma a menos que o maior vencedor, Barcelona.

Aos 37′ do primeiro tempo, Luka Modric marcou o primeiro gol do Real. Já o
segundo gol dos merengues aconteceu bem no comecinho do segundo tempo após
o VAR assinar um pênalti em bola na mão de Yeray na área. Benzema cobrou com
perfeição e anotou o segundo. O Athletic só voltou a assustar aos 17′, com
cabeçada de Muniaín, que saiu pela linha de fundo. Nos minutos finais, o Bilbao
teve um pênalti a favor, mas Courtois fez linda defesa na cobrança de Raul Garcia.

Marcelo entrou na reta final de partida, exatamente aos quarenta minutos do
segundo tempo, no lugar do atacante, também brasileiro, Vinicius Junior. Marcelo
recebeu a braçadeira que estava com Benzema e levantou a taça como capitão.
Além do recorde de títulos, o lateral-esquerdo foi o primeiro brasileiro a erguer o
troféu com a braçadeira na história do clube. Igualando-se a marca da lenda
Francisco Gento, hexacampeão da Champions que defendeu o clube entre 1953 e
1971.

Ao longo de seus 16 anos no time, Marcelo conquistou cinco Campeonatos
Espanhóis (2006/07, 2007/08, 2011/12, 2016/17 e 2019/20), duas Copas do Rei
(2010/11 e 2013/14), cinco Supercopas da Espanha (2008, 2012, 2017, 2020 e
2022), quatro Champions League (2013/14, 2015/16, 2016/17 e 2017/18), três
Supercopas da Uefa (2014, 2016 e 2017) e quatro Mundiais de Clubes (2014, 2016,
2017 e 2018).

Brasileiro com mais jogos pelo Real Madrid e agora primeiro brasileiro a erguer o
troféu com a braçadeira na história do clube, Marcelo atuou 536 vezes pelo clube e
ocupa o 13º lugar no ranking histórico, logo à frente de Roberto Carlos. Foram 365
vitórias, 84 empates e 87 derrotas até o momento, com 38 gols marcados.

Além da incrível performance como jogador, Marcelo é inspiração para muitas
crianças e jovens, não somente por seu exemplo técnico no meio futebolístico, mas
também por refletir resistência e representatividade muito forte.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.