Surf

Surfista Gabriel Medina abre mão do Mundial de surf para cuidar da saúde mental

internet

Tricampeão mundial de surfe, o brasileiro Gabriel Medina anunciou nesta segunda-
feira (24) que não participará da primeira etapa da Liga Mundial de Surfe (WSL),
que começa no próximo sábado (29) em Pipeline, no Havaí. Segundo o atleta de 28
anos, a decisão é para focar na sua saúde mental e também para se recuperar de
uma lesão no quadril.
“2021 foi um ano incrível pra mim, conquistei meu maior sonho como surfista que
era me tornar tricampeão mundial. Era uma parada intocável pra mim. No ano
passado, vivi uma montanha russa de emoções dentro e fora da água, o que afetou
muito minha saúde mental e física. Ao final da temporada, eu estava completamente
esgotado. Cheguei no meu limite. […] Estou com uma leve lesão no quadril que
venho tratando desde o final do ano passado. Somado ao corpo, tenho questões
emocionais que estou precisando lidar. Venho de meses muito desgastantes.
Reconhecer e admitir para mim mesmo que não estou bem vem sendo um processo
muito difícil, e optar por tirar um tempo para me cuidar foi talvez a decisão mais
difícil que já tomei em toda a minha vida.”, informou o atleta através das redes
sociais.
O atleta passou por um ano de 2021 de altos e baixos. Teve seu nome envolvido
em polêmicas e precisou lidar com problemas familiares. Além disso, superou a
pressão de sair das Olimpíadas de Tóquio sem uma medalha e conquistou o
tricampeonato mundial.
Em fevereiro do ano passado (2021), Gabriel e Yasmin pararam de seguir a mãe e o
padrasto nas redes sociais. Por outro lado, Simone e Charles também deixaram de
acompanhar as publicações do filho e da nora. Logo depois, Gabriel rompeu as
relações profissionais com seu padrasto Charles Saldanha, que atuava como seu
treinador e mentor desde o início de sua carreira. Medina contratou um novo
técnico, Andy King, que passou a o acompanhar nas competições ao lado de
Yasmin. Gabriel também parou de seguir os familiares nas redes sociais. Na
ocasião, a mãe do atleta chegou a classificar a relação de Gabriel com Yasmin
como “controladora”.

Mesmo em um ano muito conturbado envolvendo o rompimento com o padrasto, o
resultado polêmico em Tóquio, o escândalo da ausência da vacina e até batalha
judicial com a própria mãe, Medina teve a maior conquista de sua carreira: o
tricampeonato mundial de surfe. O atleta venceu em Trestles, na Califórnia, e
realizou um sonho de criança de ser tricampeão. Medina bateu Filipe Toledo na final
e ficou muito emocionado com a conquista. Ele agradeceu o apoio de seus fãs em
suas redes sociais, e finalizou dizendo:
“A saúde mental é muito importante. Preciso estar 100% mentalmente para voltar a
competir. Voltarei mais forte amo vocês e obrigado por tudo”.

Por Julia Helen – estagiária

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.